segunda-feira, 16 de abril de 2018

POEMA DE HOJE ...

JPM /OLHARES .COM 

" no papel , as palavras escondidas , as nuvens .
dizes não posso  ser o mundo hoje ,esqueces
que tu  és o mundo . dizes não posso , eu gostava
que soubesses sempre que um lamento dentro de
mim  te repete . abro o papel dobrado e abro a 
noite no céu . as árvores são distantes , as palavras
e talvez a música , a terra é distante no papel dobrado
que me entregas escondido na mão . "  

José Luís Peixoto 
in , "  A criança em ruínas "

Som  na  caixa ...



segunda-feira, 9 de abril de 2018

LYA LUFT

Danielle Richard

" O tempo  faz florescer paixões que fenecem
logo adiante ; ou transfigura um amor intenso 
na generosa árvore de uma longa boa relação .
Mais uma vez , as contradições do tempo são
as nossas :  ele mata , ou eterniza , e para sempre 
estará conosco aquele cheiro , aquele toque ,
aquele vazio , aquela plenitude  , aquele segredo ."

in , " O tempo é um rio que corre   "

Som  na  caixa ...





sábado, 31 de março de 2018

PÁSCOA


Meus amigos , 
Desejo a todos uma abençoada e feliz 
Páscoa . 
Deixo com vocês um cordel do jovem 
poeta  cearense  Bráulio Bessa  . 
Beijos   




sábado, 10 de março de 2018

FELICIDADE . O QUE É ISTO ?

Dima Dmitrev 

" Posso conceber os mais diferentes modos de ser feliz . 
A felicidade do guerreiro não é a  do  monge ; 
 a do artista  plástico  não é a do banqueiro .
"No amor " , declara o romancista francês Stendhal ,
" eu tenho sensação  de que uma felicidade ilimitada,
para além dos meus mais desvairados  sonhos , 
está logo  ali dobrando a esquina , aguardando
apenas uma palavra ou um sorriso ."
A felicidade do amante libertino 
 não é a do  filósofo kantiano ;
 a de Mobuto não é a do Dalai -Lama .
As concepções da melhor vida são infinitas , 
ainda que nem todas sejam coerentes ,
 socialmente toleráveis  ou tenham o mesmo valor .
Aceito tranquilamente  a idéia de que cada uma delas 
tem o seu apelo e sua razão de ser .
O que não dá para engolir é a idéia de que a felicidade 
é alguma coisa que você compra , embrulha  e leva para
casa , como aspirinas ou picolés .
A felicidade não é algo ligado ao ter , mas ao fazer .
Ela não é um humor  ou um estado de ânimo ,
 por mais exaltados  e duradouros que sejam ,
 mas o resultado de uma vida bem conduzida ,
 ou seja , das escolhas e valores 
que definem o nosso percurso .
A felicidade , em suma , jamais será um estado final 
que se possa  adquirir e dele tomar posse
 de uma vez por todas .
 Ela é uma atividade - algo que se cultiva  e constrói ,
algo que , por alguns momentos ,
 se conquista  e se desfruta ,
que é a fonte de contentamento ,
 mas que está sempre a exigir de nós empenho  e amor , 
sempre recomeçando outra vez .
É impossível conceber a felicidade humana 
sem algum sentido de realização .
 Acreditar no contrário  equivale a negar  a nossa
humanidade . É o supra-sumo da alienação . "

Eduardo Giannetti 
in ,"  FELICIDADE ,  Diálogos  sobre o 
bem -estar na civilização .  "   

Som  na  caixa ...


quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

POEMA DE HOJE ...

Chelin  Sanjuan

" Para apalpar as intimidades do mundo
 é preciso saber :

a)  Que o esplendor da manhã não se abre com faca 
b) O modo como as violetas preparam o dia para morrer 
c) Por que é que as borboletas de tarjas vermelhas tem
devoção por túmulos 
d) Se o homem que toca  de tarde  sua existência num 
fagote , tem salvação 
e) Que um rio que flui entre 2 jacintos carrega mais
ternura que um rio que flui entre 2 lagartos 
f) Como pegar na voz de um peixe 
g) Qual o lado da noite que umedece primeiro 
etc
etc
etc
Desaprender 8 horas por dia ensina os princípios ."

Manoel de Barros 
in , " Uma  didática da invenção "

Som  na  caixa ...



sábado, 3 de fevereiro de 2018

MÚSICA DE HOJE ...

Kagaya 


Os compositores , Marisa Monte , Carlinhos Brown ,
Arnaldo Antunes e Pedro Baby , nos presentearam
com  VILAREJO ,  música representativa  do mundo 
que  todos sonhamos .
Partilho com vocês .


" Há  um vilarejo ali 

Onde areja um vento bom 
Na varanda quem descansa 
Vê  o horizonte  deitar no chão
Pra acalmar o coração 

Lá o mundo tem razão 

Terra de heróis , lares de mães 
Paraíso se mudou para lá 
Por cima das casas cal 

Frutas em qualquer quintal 
Peitos fartos , filhos  fortes 
Sonhos semeando o mundo  real 
Toda gente cabe lá 
Palestina , Shangri -lá 

Vem andar e voa 
Vem andar e voa 
Vem andar e voa 

Lá o tempo espera 
Lá é primavera 
Portas e janelas  ficam sempre abertas 
Pra sorte entrar 
Em todas as mesas pão

Flores enfeitando 
Os caminhos , os vestidos , os destinos 
E essa canção 
Tem um verdadeiro amor 
Pra quando você for 

Vem andar e voa 
Vem andar e voa 

Som  na  caixa ...   


sábado, 20 de janeiro de 2018

A VIDA VERDADEIRA

Pascal  Roy 


" Pois aqui está minha vida .
Pronta para ser usada .

Vida que não se guarda 
nem se esquiva , assustada .
Vida sempre a serviço 
da vida .
Para servir ao que vale 
a pena e o preço do amor .

Ainda que o gesto me doa ,
não encolho a mão : avanço 
levando um ramo de sol.
Mesmo enrolado de pó ,
dentro da noite mais fria ,
a vida que vai comigo 
é fogo :
está sempre acesa . 

( ...) 

A vida vai no meu peito ,
mas é quem vai me levando :
tição ardente  velando ,
girassol na escuridão .

( ...)

Vida , casa encantada ,
onde eu moro e mora em mim ,
te quero assim verdadeira 
cheirando a manga e jasmim .
Que me sejas deslumbrada 
como ternura de moça 
rolando sobre o capim .

Vida ,  toalha limpa ,
vida , posta na mesa ,
vida brasa vigilante 
vida pedra e espuma,
alçapão  de amapolas ,
o sol dentro do mar ,
estrume e rosa do amor : 
a vida .

Há que merecê-la . " 

  
Thiago de Mello , 
no poema " A vida verdadeira "  

Som  na  caixa ...